A maldição do Tigre (Coleen Houck) - Livro #1

Mais uma resenha/dica literária pra vocês, dessa vez eu vim trazer pra vocês a resenha do primeiro livro da série A maldição do tigre, ...


Mais uma resenha/dica literária pra vocês, dessa vez eu vim trazer pra vocês a resenha do primeiro livro da série A maldição do tigre, da autora Colleen Houck.

A primeira coisa que eu preciso comenta com vocês sobre este livro, é a capa dele, acho ela simplesmente maravilhosa, aliás, todas as capas da série "A maldição do tigre" são lindas e este primeiro livro não é diferente.


Kelsey é uma menina de 17 anos, que mora no Oregon, nos Estados Unidos e resolve procurar um emprego temporário, durante as férias, para que ela possa conseguir juntar um pouco de dinheiro. O emprego que ela consegue é de ajudante de cuidador de animais em um circo, que está na cidade durante duas semanas, o seu trabalho é ajudar o cuidador do circo, a alimentar e cuidar dos cães e do tigre, que são usados nos espetáculos.

Durante os primeiros dias de trabalho no circo, ela fica encantada com o tigre branco, que descobre ter o nome de Dhiren, o qual ela carinhosamente apelida de Ren. Ela fica com pena do animal que parece estar entediado a maior parte do tempo, então o visita diariamente para ler alguns poemas para ele. Pouco mais de uma semana depois da sua chegada ao circo, um homem chamado Sr. Kadam, faz uma proposta para o proprietário do tigre, para comprar Ren, essa proposta, além de tentadora financeiramente, a princípio faria com que o tigre pudesse viver uma vida mais feliz em uma reserva na Índia.

Após o dono do circo aceitar a compra do animal, o sr. Kadam exige a companhia de um cuidador, que acaba por ser a Kelsey, pois ela tinha muito cuidado com o tigre. O sr. Kadam explica tudo pra ela e faz a sua proposta de levar o tigre até a China, a princípio Kelsey fica ao mesmo tempo que entusiasmada, preocupada, pois ela não conhece o Sr. Kadam e ela não está apenas mudando de estado para uma viagem, mas sim de país. Então ela pergunta aos país dela sobre a opinião deles, assim como ao dono do circo, até ter a certeza, de que valeria a pena e seria seguro. O sr. Kadam, explica para Kelsey, que a partir de um pedaço do caminho, já em Mumbai, na Índia, ele não poderia acompanhá-la, pois precisaria resolver questões de papeladas, para quando o tigre chegasse ao seu local de destino.



Ao chegarem no local combinado de separação, Kelsey vai almoçar e quando volta ao caminhão que transportava Ren, só encontra o tigre sozinho e solto, ela fica com um pouco de medo, mas tem mais medo de outras pessoas verem o tigre e o machucarem, do que do próprio tigre, eis então que o tigre entra na floresta e Kelsey se vê obrigada a seguir Ren. Quando eles chegam a uma cabana no meio da floresta e ela está prestes a entrar na cabana, ela escuta um barulho e quando se vira para olhar para o tigre, vê um homem em seu lugar, o homem se apresenta como Ren e diz que é o tigre branco que estava a acompanhando até ali. No primeiro momento ela fica completamente chocada, após alguns minutos, ela sabe lá no fundo, que aquele homem é sim, o seu tão querido tigre branco Ren.

Ren conta a sua história para Kelsey e diz que ele e o Sr. Kadam, acreditam que ela possa ajudar eles a quebrar a maldição imposta há muito tempo atrás, que o transformou em tigre, pois até ela aparecer ele ficava na forma do animal durante as 24 horas do dia e depois que ela apareceu, começou a ter 24 minutos por dia como humano. Kelsey escuta tudo com muita atenção, enquanto processas as grandes novidades.

Depois de muito conversarem, ela decide ajudar Ren a quebrar a maldição, pois ninguém deveria viver daquele jeito, preso, sofrendo e principalmente sozinho. A partir daí a aventura do livro começa e também conhecemos o irmão do Dhiren, um tigre negro, chamado Kishan, ambos foram amaldiçoados a mais de 300 anos atrás, Kishan não se importa tanto com a vinda de Kelsey para ajudá-los a quebrar a maldição, por já ter se acostumado a viver daquele jeito, porém não impede que ela e o irmão corram atrás das profecias para que a maldição seja quebrada.


Particularmente amei esse livro, como falei a primeira coisa que me chamou atenção foi essa capa. Confesso que comprei o box da série "A maldição do tigre", justamente pelas capas dos livros, serem simplesmente lindas demais, sei que isso é errado, mas pelo menos neste caso, não me arrependo, pois o livro é muito bom. Estou no quarto livro da série, são cinco livros ao total e estou amando.

Infelizmente não vou fazer as outras resenhas aqui no blog, mas vocês podem acompanhar os vídeos resenhas de cada livro, no meu canal literário, basta clicar aqui. No blog só voltarei a postar sobre a Maldição do tigre, quando concluir de ler a série, ai sim, faço um post resenha falando da série completa.

Indico demais esse livro pra vocês, ele é um livro de fantasia e romance, que vale a pena ler. A autora Colleen Houck fez diversas citações sobre a cultura indiana neste livro e todas as citações eram baseadas na cultura verdade o que achei muitíssimo interessante.

É isso por hoje gente, espero que vocês tenham gostado da dica e deixem nos comentários a opinião de vocês. Alguma de vocês já leu este livro ou a série? Comenta no fim deste post.
Beijos r até a próxima.




Já seguem o blog nas redes sociais?

Você poderá gostar também de...

2 comentários

  1. Nossa realmente a capa do livro é muito bacana :) Fiquei muito curiosa pra ler ,muito obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai gostar Claudinha, eu amei o livro.
      Beijos

      Excluir

SIGA @FRESCURASDEMULHERZINHA