CURSO DE CABELEIREIRO: VALE A PENA?

Assim que cogitamos a ideia de nos inscrevermos em um curso, seja ele qual for, surge a dúvida "vale a pena?" ... Quando entre...



Assim que cogitamos a ideia de nos inscrevermos em um curso, seja ele qual for, surge a dúvida "vale a pena?"... Quando entrei no curso, tive essa dúvida e por isso estou hoje compartilhando a minha experiência e claro, valores, para que não apenas a minha opinião fique registrada, mas para que seja possível tirar as suas próprias conclusões.

Antes de começar, é preciso deixar algumas coisas claras... Fiz o curso de cabeleireiro básico no SENACRS da cidade de Viamão (cidade onde eu moro), o curso havia sido criado cerca de três turmas antes da minha (a minha turma foi a quarta turma da escola a ser criada).

Também é importante avisar que esta postagem acabará ficando extensa, porém bem completa, espero que ela te ajude de alguma forma.


SOBRE A ESTRUTURA DA ESCOLA:

A estrutura que a escola oferece é excelente, possui um espaço bem grande de cadeiras e bancadas (são cerca de dez), três lavatórios (acho que poderia ter mais um, mas três foi ok de trabalhar). A sala costumava estar sempre bem limpa, com excessão das bandejas das bancadas, que as vezes possuia cabelo de corte, da turma da noite (a minha turma era a turma da manhã).

O ponto que acho que a estrutura da escola deixou bastante a desejar, é que o salão era no piso de baixo, escondido, muitas pessoas sequer sabiam que existia salão com atendimento gratuito ali... Se fosse no piso principal, com a mesma janela de vidro, seria bem mais eficiente para atendimento as modelos, principalmente por ser de responsabilidade tanto dos alunos, quanto era da escola, conseguir modelos para as práticas.


PRÁTICA DO APRENDIZADO:

Após termos o primeiro mês de matérias teóricas, todas as outras aulas foram práticas, incluindo noções de "moda", dentro da matéria de Penteados... O que é muito bom, afinal a prática leva a perfeição e em cursos como o de Cabeleireiro, a prática é extremamente necessária.


DIVULGAÇÃO DOS SERVIÇOS:

Porém como nem tudo são flores, o item que citei anteriormente das modelos para as práticas e da localização do salão, dentro da escola atrapalharam um pouco o aprendizado. A escola deixou um pouco a desejar, deixando por conta dos alunos totalmente encontrar modelos para as práticas (o que lembrando que para o turno da manhã é extremamente complicado). Quase no fim do curso, minha turma conseguiu com que colocassem um banner (mesmo que pequeno) na frente da escola onde descrevia os serviços do salão, como atendimento gratuito.

Muitas das publicações de serviços foram feitas por mim, incluindo os banner de divulgação nas redes sociais, que acabaram até mesmo sendo compartilhados pela equipe da escola.

PREÇOS:

Essa é a parte que mais me toca, agora, depois de concluir o curso e colocar tudo na ponta do lápis, já quero deixar a quem estiver lendo este post, extremamente consciente, de que o curso não é um curso barato. O investimento é extremamente alto e dependendo de como for a sua vida e do que você está disposto a abrir mão, pode realmente não valer a pena.

Antes mesmo de começar o curso, assim que você se matricula, recebe uma lista de materiais, que precisa comprar, mas normalmente só compra após duas semanas de curso, pois a professora sempre dá algumas dicas, até para evitar comprar materiais parecidos, porém que são desnecessários, como as tesouras, que são parecidas, porém tem funcionalidades diferentes... Mas mesmo assim, o uniforme é necessário comprar em seguida.

O uniforme inicial do meu curso era: camiseta branca, calça branca e jaleco... Iamos ter os calçados brancos também, mas de última hora, a escola resolveu que não precisaria... E somente nisso, você gasta cerca de R$ 200,00.

Depois disso os custos são divididos pelos módulos, afinal em cada módulo você irá aprender uma coisa e necessitará de determinados materiais. O preço toal do curso ficou por volta dos R$6 mil reais.

Confira no vídeo abaixo a minha opinião total, assim como todo o cálculo de gastos durante o curso...


OPINIÃO FINAL: VALE A PENA?

Como mencionei no vídeo, se eu precisasse começar hoje o curso, meu pensamento seria diferente. Eu investiria em todos os materiais primeiro, treinaria algumas coisas (até porque a maioria das coisas a gente aprende na internet) e só então investiria no curso, pois R$ 6 mil reais é muito dinheiro.

Pensando um pouco mais, HOJE (quase cinco meses depois de concluir o curso), eu não faria o curso novamente, investiria em outro curso, em outra área que eu gosto, como a informática, não por o curso não ser bom, por não ter aprendido, mas porque o mercado de trabalho nessa área, por conta da crise, está bem escasso, pelo menos para quem está iniciando, com eu, que estou com o salão aberto desde que encerrei o curso.

Então resumindo este post, o que posso dizer sobre valer ou não a pena, é que depende do quanto você está disposto a gastar, como está a sua situação financeira, além de o quanto você amaria trabalhar com esta profissão. Se preciso releia tudo que escrevi nesse post e reassista ao vídeo, assim como confira cada um dos posts da série "Curso Cabeleireiro", assim você terá informações sobre cada um dos módulos detalhadamente.
Um grande beijo e até a próxima.


Você poderá gostar também de...

1 comentários

  1. Muito importantemente esse post, dinheiro ta difícil tem que ter sabedoria pra saber onde vai investir, eu quis fazer um de make não tive grana, mas aprendi muita coisa pela internet, beijos

    http://www.ritinhaangel.com.br/

    ResponderExcluir

SIGA @FRESCURASDEMULHERZINHA